Notícias


 

Divergência entre Brasil e Argentina sobre comércio cria tensão no Mercosul

03/12/08 às 08:23

 

Mesmo com a sutileza que caracteriza a diplomacia, o governo argentino deixou claro que, no âmbito das negociações da Rodada de Doha para a liberalização do comércio mundial, os dois principais sócios do Mercosul estão em rota de colisão.

O secretário de Relações Econômicas Internacionais da Chancelaria argentina, Alfredo Chiaradía, responsável por conduzir as negociações, confirmou que Brasil e Argentina têm "discrepâncias" e que "ainda não existe uma única voz" dentro do Mercosul.

"Em contextos de turbulências como esse (pela crise financeira internacional), também pode haver algum tipo de discrepância sobre como avançar em questões de relacionamento externo. Não somente nas quais atuamos com um única voz, mas também naquelas em que, infelizmente, ainda não conseguimos atuar com só uma voz", lamentou Chiaradía.

O recado foi dado na própria embaixada do Brasil em Buenos Aires, onde, nesta terça-feira, desenvolveu-se o seminário sobre "Sistema de pagamentos em moeda local", um incipiente intrumento que elimina o dólar das transações comerciais entre os dois países e que pretende ser o embrião de uma moeda regional no futuro.

Quando questionado se a falta de união entre Brasil e Argentina referia-se à Rodada Doha da Organização Mundial do Comércio, Chiaradía disse: "E ao que mais poderia ser?". O secretário argentino afirmou que "a diversidade de posições que podemos ter no início de um processo de negociação, no final se salva" e que "no Mercosul, temos sócios, e não adversários".

"E como sócios, devemos conversar até o entendimento profundo", defendeu o negociador argentino para quem, no entanto, em declarações anteriores, a posição brasileira de maior liberalização comercial pode ferir a Tarifa Externa Comum do Mercosul; o que poria o bloco numa crise terminal. "Temos o Brasil como o nosso principal sócio comercial e aspiramos a continuar tendo no futuro", disse Chiaradía.

UOL Notícias

Home | Voltar



Nos acompanhe nas Redes Sociais

 

 

Sistema FIEMT / IEL - Instituto Euvaldo Lodi - Mato Grosso
Av. Historiador Rubens de Mendonça, 4193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá-MT - CEP: 78049-940 - Telefone: (65) 3611-1514 - FAX: (65) 3644-1757