Notícias


 

Alta no custo da construção civil desacelera para 0,95% em outubro

05/11/08 às 09:33

 

Construir voltou a ficar mais caro em outubro, mas a alta perdeu força em relação a setembro, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (5) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) registrou alta de 0,95% no mês passado, ante 1,30% em setembro. Em outubro de 2007, ficou em 0,43%.

Com a alta, o custo de construção do metro quadrado, que em setembro foi de R$ 660,91, passou para R$ 667,21, sendo R$ 389,11 relativos às despesas com materiais e R$ 278,10 com a mão-de-obra. A parcela dos materiais apresentou alta de 1,48% em outubro, recuando 0,55 ponto percentual se comparada com setembro (2,03%). A mão-de-obra variou 0,22%, um pouco abaixo de setembro (0,30%).

No ano, os materiais subiram 11,90%, bem acima de igual período do ano passado (4,11%). A parcela do custo referente à mão-de-obra aumentou 7,80% até outubro, também mostrando aceleração, porém mais moderada em comparação aos 5,69% de 2007. 

Custo sobe mais no Norte e Nordeste

As altas verificadas nas regiões Norte e Nordeste, de 2,29% e 1,12%, respectivamente, destacaram-se das demais. As outras regiões tiveram alta abaixo da média nacional: 0,81% no Sudeste; 0,57% no Centro-Oeste e 0,54% no Sul.

Ainda assim, a região Sudeste manteve o maior custo por metro quadrado, de R$ 707,13, seguida pelas regiões Norte (R$ 665,13); Sul (R$ 659,87); Centro-Oeste (R$ 640,30); e Nordeste (R$ 621,20).

G1

Home | Voltar



Nos acompanhe nas Redes Sociais

 

 

Sistema FIEMT / IEL - Instituto Euvaldo Lodi - Mato Grosso
Av. Historiador Rubens de Mendonça, 4193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá-MT - CEP: 78049-940 - Telefone: (65) 3611-1514 - FAX: (65) 3644-1757